Páginas

quarta-feira, 29 de agosto de 2007

Barrado Barquinhos

" Vede! Cautelosamente vai, um barquinho a vagar e o vento que é o seu motor, nao o deixa parar. Minha vida é assim também, nao vivo no mar mais vivo a vagar, sou como um barquinho cruzador mas quem conduz é o Senhor"(cantico infantil)...Que saudade!!!
Num lençolzinho de nenem esse barradinho fica um luxo.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...